MUNDO BLUE Vamos procurar lá, naquela estrela azul, um planetinha onde faremos nosso mundo particular. Onde nada nem ninguém nos venha incomodar dizendo: as coisas são assim, não assado. Dormiremos na chuva. Plantaremos grama sobre a cama e flores nas chaleiras. E nossos filhos... sim que os teremos, muitos, serão de todas as cores. As meninas: rosadinhas, grenás, pastel, salmão; mas todas terão olhos azuis. E seus irmãos: azuis. Totalmente azuis alguns; outros: verdes, vermelhos e róseos os mais temperamentais. Ah! Terão azas, e farão o trabalho das borboletas e das abelhas indo de flor em flor a perguntar seus nomes, desejando-lhes: “Bom Dia!”. A tarde virão aconchegar-se em teu colo, dormindo, satisfeitos e felizes, em um mundo que será sempre aquilo que eles queiram que seja. Ficaremos namorando pela noite afora, os rostos colados, baixo enorme lua prateada de azul, lembrando um pequeno planeta, também azul, distante, para onde poderemos retornar sempre que quisermos, aonde chegaremos ao mesmo instante que partirmos. Venha! Embarque comigo. Poderemos ser tudo que desejarmos Sejamos então felizes Mesmo que seja a felicidade melancólica dos desajustados. Dos que necessitam reinventar a vida e recriar o amor.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

condenado

sobre Bateias